SCAR é a casa do FEMUSC

Centro Cultural abriga aulas, ensaios, concertos e a toda a administração do maior festival escola de música erudita da América Latina.

Quem conhece o FEMUSC sabe que acontecem várias atividades ao mesmo tempo durante os 14 dias de festival: aulas, ensaios, apresentações, alunos estudando pelos corredores, sem falar na logística e alimentação de centenas de pessoas.

O próprio presidente do Insttuto Femusc, Paulo Polezi, destacou no discurso de abertura: 

"Sem este Centro Cultural não seria possível realizar um festival como o FEMUSC. Sem essa estrutura incrível, sem essa equipe técnica e administrativa, não teríamos como dar aulas, ensaiar e apresentar mais de 200 concertos."

Todos os espaços do Centro Cultural são usados: os dois teatros, as salas multiuso, sala de exposições, além de salas de ensaio e de dança. Em certos momentos, três orquestras ensaiam ao mesmo tempo, com acústica, conforto e estrutura impecáveis.

A equipe técnica se desdobra para montar e desmontar formações de orquestra, mover instrumento e manter tudo funcionando perfeitamente durante 16h por dia. 

 

ESCREVA UM COMENTÁRIO