Escola vai ao Teatro tem novidades

Seis peças diferentes serão apresentadas em 4 dias. Duas peças serão abertas ao público em geral, com ingressos populares. Novos atores terão o desafio de criar em apresentar uma nova peça teatral em 3 meses.

A combinação de estudantes e teatro vai agitar novamente a SCAR de 8 a 11 de maio. É mais uma edição do projeto Escola vai ao Teatro, voltado para escolas da região. Cerca de 3 mil crianças, adolescentes e adultos terão a experiência de assistir uma peça de teatro e conhecer o Centro Cultural, em um processo de formação de plateias e cidadãos.

A programação combina sucessos voltados ao público infantil, como O Flautista de Hamelin, produções locais como Valentina e o Cachorro de Chapéu, e a sempre divertida Dona Bilica, que vem de Florianópolis para contar suas histórias. Além das escolas agendadas, as peças também serão abertas ao público em geral, com ingressos a R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

A novidade em 2018 é a seleção de atores para uma peça inédita, que será apresentada na segunda edição do projeto, em setembro. Cerca de 4 atores e atrizes serão selecionados para o desafio de criar, escrever, ensaiar e apresentar uma nova peça em pouco mais de 3 meses. Para se inscrever, é necessária experiência em teatro e ser maior de 18 anos. As inscrições devem ser feitas pelo site da SCAR: www.scar.art.br.

O projeto Escola Vai ao Teatro 2017 ocorre com patrocínio das empresas Duas Rodas, Zanotti e Metalnox por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e do Governo Federal.

O teatro faz parte da história da SCAR. Com dois grupos atuantes há mais de 10 anos e 5 cursos diferentes, desde teatro de bonecos para crianças, até o nível Intermediário para adultos, a programação e produção teatral no Centro Cultural é intensa durante todo ano. Cursos, apresentações de grupos locais e nacionais, duas edições anuais do projeto Escola vai ao Teatro e a Mostra Teatral, que encerra o ano com um grande festival, criado pelos alunos e professores.

 

Programação

08/05 – 9h e 14h

 

FADAS (Essaé Cia. - Joinville)

Sinopse: Livremente inspirado no conto “As Fadas” de Charles Perrault, conta a história de uma menina que é recompensada com um dom de expelir pedras preciosas e diamantes através de suas doces palavras. O espetáculo fala de julgamentos, escolhas, sonhos e as dificuldades que podemos encontrar ao longo dos caminhos. Apropriando-se da linguagem do teatro de objetos, Fadas apresenta um pouco do sonho de cada um.

Classificação: a partir de 5 anos

09/05 – 9h e 14h

 

O FLAUTISTA DE HAMELIN (Trip Teatro - Rio do Sul)

Sinopse: Dois artistas medievais saem pelas ruas empurrando uma pequena carroça, que aos poucos vai se transformando na cidade de Hamelin, para contar a clássica história do Flautista que livra a cidade de uma peste de ratos e sobre a importância de cumprir os tratos feitos.

Esse espetáculo é resultado de uma parceria com a companhia espanhola "Los Titiriteros de Binéfar" e foi patrocinado pela Funarte / MinC através do prêmio Edital Myriam Muniz/ 2007.

Classificação: Livre

 

10/05 – 9h e 14h

 

LÁ NA LUA (Dionisos Teatro - Joinville)

Sinopse: Fui pra lua e levei… Um violão? Um cavalo? Um carrinho de picolé? Em “Lá na Lua” a gente pode levar o que quiser, é só se deixar envolver pelas canções e histórias que compõem este espetáculo. Inspirado em lendas sobre a lua, com histórias e canções próprias e com uma pitada de brincadeira, a Dionisos convida as crianças e seus adultos a participarem desta serenata para nossa divertida e misteriosa Lua.

Classificação: Livre

 

10/05 – 20h

 

O INCRÍVEL LADRÃO DE CALCINHAS (Trip Teatro - Rio do Sul)

Sinopse: Uma história de detetives baseada no estilo do Cine Noir, caracterizado por filmes tipo "B" das décadas de 40 e 50, onde a falta de caráter e o crime são as marcas mais presentes.

O escritório do Detetive Bill Flecha é procurado por Srta. Velda, uma "mulher-fatal" que tem sua "peça íntima" roubada e pagará qualquer quantia para tê-la de volta. O que parecia um crime banal dá origem a uma série de outros crimes violentos, onde todos são suspeitos até que se prove o contrário, ou até que seus corpos sejam encontrados em algum beco escuro.

Classificação: a partir de 14 anos

 

11/05 – 9h e 14h

 

VALENTINA E O CACHORRO DE CHAPÉU (Valentinos Cia. Artística - Jaraguá do Sul)

Sinopse: Valentina vive "quase" feliz para sempre em Falsilândia, um lugar muito artificial. Ela insiste em dizer que a grama do vizinho é sempre mais verde que a dela, e exige que Zê (seu fiel ajudante/guardião/babá) a regue todo dia... e rega tanto que quase afoga a grama! Para Valentina, a única coisa que importa é ganhar o Miss Paparico, um concurso que premia a garota mais antenada, mais purpurinada e mais diferentona de Falsilândia. O que ela não esperava é que, para conquistar esse título, ela precisaria da ajuda de um desajeitado e magricela cachorro de rua... que atende pelo simpático nome de Cachorro de Chapéu!

Classificação: 3 a 12 anos

11/05 – 20h

 

DONA BILICA - NAQUELE TEMPO (Cia. Pé de Vento Teatro - Florianópolis)

Sinopse: Dona Bilica é uma lavadeira, benzedeira e rendeira, que abre as portas de sua casa para contar como era viver antes do progresso chegar. Entre rezas e cantorias ela volta ao tempo dos antigos e relembra a história de sua família, sua infância e juventude, conta causos que ouviu nos engenhos de farinha, histórias de bruxas e assombrações. Sempre com seu humor muito peculiar, Dona Bilica nos lembra de costumes perdidos na memória de uma vida globalizada em constante transformação.

Classificação: a partir de 14 anos

 

ESCREVA UM COMENTÁRIO